PCC tortura agentes penitenciários em rebelião no Paraguai

 

TERROR NA FRONTEIRA

Durante rebelião no presídio de Concepción, no Paraguai, na noite de segunda-feira (13/5), presos do Primeiro Comando da Capital (PCC), fizeram reféns quatro agentes penitenciários. As vítimas foram torturadas com facas artesanais e só não foram assassinados porque a Polícia Nacional conseguiu controlar a situação e libertar os servidores públicos.

Os detentos da facção tomaram a ala dos condenados e renderam os agentes. Um dos servidores teve o rosto cortado e levou diversas facadas. Os outros três também saíram feridos. Eles foram encaminhados ao Hospital Regional de Concepción. O número de presos envolvidos não foi divulgado. Segundo informações, a facção presta apoio ao crime organizado na fronteira entre o Brasil e o Paraguai, mesmo dentro do presídio.

FONTE: CAMPO GRANDE NEWS

O post PCC tortura agentes penitenciários em rebelião no Paraguai apareceu primeiro em Jequié Urgente.

Rolar para o topo